Um mundo sensorial

Um mundo sensorial

Quando uma empresa planeja ações de marketing pautadas na experiência do consumidor, é comum nos depararmos com ações recheadas de estímulos sensoriais. Por que? Além de ajudar na atração e no engajamento dos clientes, estimular os sistemas sensoriais do consumidor pode contribuir fortemente com a geração de emoções, influenciando a criação de laços afetivos e a relação marca-cliente.

E já que estamos falando sobre estímulos sensoriais, vamos fazer um exercício bem rápido: imagine como seria se você pudesse interpretar os estímulos de uma modalidade, por exemplo um estímulo visual, gerando respostas de outra modalidade, como um som. Pois é, eu sei que ficou um pouco confuso, mas é isso mesmo: imagine como seria se você pudesse enxergar cores (enxergar mesmo, não é imaginar, tá?) quando ouvisse as palavras de um comercial…

Tentou imaginar como seria? Parece algo surreal, mas esse efeito acontece e tem nome: sinestesia, que é uma condição específica de pessoas que possuem habilidades sensoriais fora do comum, então não é em qualquer esquina que você encontrará uma pessoa com esse “dom”.

Neurocientificamente falando, o cérebro dos sinestésicos têm algumas conexões a mais entre os sistemas sensoriais que, em nós, meros mortais, não estão tão bem conectados. Assim, quando somos expostos a um estímulo visual qualquer, nosso cérebro interpreta este estímulo apenas como visual. Já quando um sinestésico é exposto ao mesmo estímulo, seu cérebro pode acabar ativando simultaneamente o sistema de percepção auditivo, gustatório, olfativo ou até mesmo tátil. Um caso famoso de sinestesia é o da suíça Elizabeth, que sempre enxerga cores e sente sabores quando escuta determinados sons ou palavras.

brain-1728449_1920

Parece coisa de outro mundo, não parece? Mas não é! E o melhor, é que esse conceito pode ser aplicado ao mundo dos negócios. Como os sinestésicos acabam ativando diferentes sistemas sensoriais ao mesmo tempo e de forma congruente (quando diferentes estímulos representam o mesmo significado), sabe-se que o seu potencial da memória é mais alto que o normal. Traçando um paralelo no mundo do marketing sensorial, quando os consumidores são envolvidos por cheiros, sabores e sensações, tudo isso em uma única experiência, o potencial de memorização daquele momento também pode se tornar maior. Ponto pra sua marca!

A verdade, é que todos somos “um pouco sinestésicos”, pois conseguimos interpretar estímulos e gerar emoções – eu duvido que você nunca tenha se emocionado com uma música – ou mesmo fundir, mesmo que de maneira muito superficial, alguns dos nossos sentidos, em alguns momentos específicos. Sabendo disso, o que você acha de investir no conceito de sinestesia na hora de criar sua próxima ação de marketing? Eu tenho certeza que os seus consumidores ficarão encantados com as experiências multissensoriais.

Quer saber mais sobre as curiosidades do mundo da Neurociência? Então dá uma olhada neste vídeo que preparamos especialmente para a semana do cérebro!

Um mundo sensorial